TV 8K é sem sentido e sem serviço, comenta especialista

Com todo o hype da TV 8K acontecendo atualmente na CES 2019, Andrew Gray, Diretor de Marketing EMEA da Limelight Networks, abordou o fato de que não há serviços para acompanhar todo o novo hardware.

Gray comentou: “Na CES 2019, o elefante na sala está lá para ser visto por todos na definição de 8K. Os anúncios das novas TVs 8K estão saindo do evento com a versão Master Z9G da Sony para a maior TV 8K até o momento. Mas os problemas começam onde os lançamentos e demonstrações chamativos terminam. Ou seja, não há nada para aproveitar a capacidade de 8K no mundo real.

Embora esses serviços possam estar no horizonte, eles exigirão que os serviços de streaming on-line reavaliem seriamente suas necessidades de entrega de conteúdo e invistam em uma estratégia robusta capaz de atender às expectativas dos consumidores. ”

Gray acrescentou: “Em um mundo de streaming de 8K, serviços de entrega de conteúdo não podem ser concedidos ao menor lance. Ter uma estratégia robusta que inclua operadores com infra-estrutura de propriedade privada será fundamental para permanecer competitiva nesta nova era de alta definição e alta demanda.

Os consumidores não esperam nada menos quando investem quantias significativas de dinheiro em seu aparelho de televisão”.

O que é 8K?

Uma HDTV tradicional de alguns anos atrás é 1080p, o que significa que tem 1.920 pixels na horizontal e 1.080 na vertical. Muitos projetores de cinema digital – os dos cinemas – têm uma resolução de 2.048×1.080. Porque é comum em Hollywood falar apenas se referir à resolução horizontal, eles chamam isso de “2K”, mas é basicamente o mesmo que o HDTV 1080p que você tem em casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *