Perto da falência, funcionários da operadora Oi entram em greve

Perto da falência, funcionários da operadora Oi entram em greve
Avalie esse artigo!

Apesar de ser uma das operadoras de telefonia que mais fatura em todo Nordeste e alguns estados do Sudeste, a OI não dá condições de trabalho adequada aos seus servidores. Na manhã desta quarta-feira, funcionários da empresa entraram em greve e protestaram em frente a sede da OI, na avenida Barão de Melgaço, em Cuiabá.
Com nariz de palhaço, eles reivindicam melhores salários e condições de trabalho. A OI ainda é líder no ranking de reclamações do Proncon de Mato Grosso pela péssima qualidade na prestação dos serviços.

  • Só problemas

A Oi ampliou o prejuízo de abril a junho na comparação anual, mostrou seu primeiro balanço trimestral após consolidação dos resultados da Portugal Telecom, com impacto do corte das tarifas de interconexão e menor tráfego de dados devido aos feriados da Copa do Mundo.
A empresa de telecomunicações teve prejuízo líquido de 221 milhões de reais no segundo trimestre, frente à perda de 124 milhões de reais um ano antes, informou a Oi nesta quarta-feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *