4 cuidados para prevenir as cáries nos dentes de leite

4 cuidados para prevenir as cáries nos dentes de leite
Avalie esse artigo!


Passe uma gaze na gengiva
Enquanto os primeiros dentes nascem, a escova é desnecessária. Mas a higiene deve ser feita: a mãe deve colocar uma gaze levemente umedecida com água mineral no dedo indicados e limpar, suavemente, a gengiva do bebê – esfregue com cuidado, porque essa região é sensível e o bebê pode sentir cócegas. “Além de higienizar a boca, o hábito ajuda a estimular a gengiva e facilita o nascimento dos dentes, diminuindo as dores típicas dessa fase”.
Fio dental e enxaguante bucal
O uso frequente de fio dental é mais necessário quando a criança tem o seu primeiro molar permanente, ou seja, por volta dos seis anos de idade. “Antes disso, ele pode ser dispensado, pois os dentes possuem espaços maiores entre eles e a escovação dá conta da limpeza”.
Já o uso de antisséptico bucal pode ser benéfico quando o produto tiver flúor, ajudando no controle da placa bacteriana – mas o produto só deve fazer parte da higiene bucal quando seu filho aprender a cuspir. Crianças abaixo dos seis anos devem usar fórmulas que não têm álcool e evitar o bochecho – é melhor embeber uma gaze e esfregar a superfície dos dentes. “Lembre-se também que o enxaguante não substitui a escovação”.
Quando usar escova?
No bebê, o ideal é usar a escovinha dental que os pais encaixam no dedo, que é pequena e molinha. “Quando a criança começa a falar e cria mais habilidade com as mãos, já é possível estimular que ela use a escova sozinha e se acostume com o hábito de higienizar os dentes após as refeições”, afirma Akaki. Não se esqueça de escovar a língua, que também acumula bactérias e resíduos de comida.
Alimentos que provocam cáries
O cuidado mais importante nas refeições é evitar os alimentos muito açucarados. “O hábito de colocar açúcar no leite, por exemplo, é um perigo aos dentes do bebê”, afirma Luiz Akaki. O cirurgião dentista Mario Groisman, da Academia Brasileira de Odontologia, conta que as bactérias causadoras da cárie usam o açúcar – a sacarose – para se alimentar. “Elas quebram a sacarose e produzem ácido lático, substância que provoca uma queda no pH da boca e dá início à desmineralização dos dentes, processo que gera cárie”, diz o especialista. O primeiro sinal de uma lesão de cárie pode ser uma simples mancha branca no dente. Por isso, o acompanhamento de um dentista desde os primeiros anos da criança é muito importante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *