Black Friday 2018: Procon lista 170 lojas que você de evitar ou ter muito cuidado

O Procon sempre lista em sua página os sites que não são confiáveis e que podem vir a trazer prejuízos para os consumidores. Na tabela abaixo, confira quais são eles.

A expectativa é de que a Black Friday movimente R$ 2,5 bilhões neste ano, com um ticket médio de R$ 607,50, segundo a eBit/Nielsen.

Não é a primeira vez que o Procon divulga lista de empresas fraudadoras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *